Posts Recentes
Posts Em Destaque

Casa Container, Um novo jeito de morar

A construção convencional com alvenaria está ficando cada vez mais ultrapassada no Brasil, perdendo espaço para novas técnicas construtivas que permitem novas soluções e inovações na construção civil. Busca-se obras mais econômicas, rápidas e sem desperdícios.


Uma inovação que ganhou muito espaço e virou tendência na arquitetura e na engenharia é a casa container. Feita com container marítimos de tamanhos específicos que podem ser modulados entre si, pode criar diversas combinações formando casas de 15m² até 200m² ou mais.


Neste artigo vamos mostrar como que são feitas as casas com containers e quais as vantagens desse novo tipo de construção.



Dimensões dos Containers e os principais tipos:



Para a criação de um projeto arquitetônico os containers funcionam como módulos e podem ser agrupados entre si para criar composições, por isso é importante saber as medidas dos containers para definir o tamanho mais adequados e as melhores modulações para o projeto.



Existem diversos tipos de containers marítimos, porém os dois mais utilizados são o “dry standard” e o “dry high cube”.

Ambos são fechados em todos os lados, com uma porta no lado de menor largura. A diferença entre os dois é a altura, sendo o container dry high cube maior que o standard.


Confira abaixo as dimensões dos containers:



Essas medidas são do lado externo do container, sendo que cada uma de suas faces tem aproximadamente 7cm de espessura, sem contar com os revestimentos e isolamentos que devem ser instalados na parte interna para permitir um maior conforto térmico e acústico.



Custo da construção:



Os custos da obra são variáveis e dependem da quantidade de alterações feitas nos containers, como recortes e aberturas para ventilação e iluminação que necessitam de reforços estruturais para manter a estabilidade do conjunto, aumentando os gastos.


Um módulo de container novo custa em torno de R$ 15.000,00 e um usado custa por volta de R$ 5.000,00. Os preços também variam de região para região e do fornecedor. Os principais fatores que alteram os preços são o tamanho, a qualidade e os revestimentos.



Cuidados com a construção:



Os containers precisam ser adquiridos de fornecedores confiáveis conferindo sua procedência, e pensados com cuidado na hora do projeto para a facilidade do transporte do mesmo até o terreno.


Além disso, o container é um material metálico feito de aço, suscetível ao calor e ao frio, por isso é preciso contratar um profissional para obter um projeto de uma casa com um bom desempenho térmico e acústico, definindo os materiais adequados para o revestimento.


Outro ponto importante é que as casas container, assim como qualquer outra construção, precisam estar legalizadas e ter alvará da prefeitura, são indicados profissionais de arquitetura para garantir um resultado final ideal devido a complexidade dos projetos.



Principais vantagens da Casa Container:



A casa container apresenta diversas vantagens em relação a construção convencional em alvenaria. Uma das principais é a grande rapidez na construção, por ser uma estrutura pré-fabricada e podendo ser finalizada em um tempo médio de 30 a 90 dias.


Outro grande benefício é a redução do custo da obra em até 30%, tendo os custos com fundação bastante reduzidos também, por ser uma estrutura mais leve e geralmente resolvida com fundações mais simples.


A construção utilizando container também é considerada mais sustentável, sendo estas estruturas de aço reaproveitadas e também economizando água, areia, ferro, cimento, tijolos e reduzindo os desperdícios de materiais em comparação a uma obra convencional. E por último, esse tipo de construção permite expansões futuras com novos módulos de containers, podendo a casa ser construída em etapas.



Etapas da obra:


  1. Fundação: por ser uma estrutura leve, as fundações geralmente são mais simples nos terrenos mais planos, por exemplo: radier com distribuição uniforme de carga pela laje maciça.

  2. Cálculo estrutural: são feitos os reforços necessários para a estrutura suportar todos os recortes e aberturas.

  3. Aberturas e conexões (outras modificações): são feitos os recortes, as aberturas e as conexões entre os containers, geralmente fora do canteiro de obra, com mão de obra especializada.

  4. Transporte: O transporte é feito por caminhões e na obra são usados guindastes para posicionar os containers.

  5. Montagem: os containers são posicionados nas fundações e os módulos são soldados entre si.

  6. Esquadrias: são instaladas esquadrias, enquadrando as portas e janelas.

  7. Isolamento e Infraestrutura: são feitas as instalações hidráulicas, elétricas, o isolamento térmico, acústico e sistemas de arrefecimento e refrigeração.

  8. Revestimentos internos: são colocados os revestimentos por cima das instalações, podendo ser de vários tipos e texturas.


As vantagens para construir uma casa utilizando containers são grandes, essa inovação na construção civil virou tendência no mundo e está ganhando muito espaço no Brasil, trazendo casas mais modernas e sustentáveis, redefinindo um novo jeito de morar.


Assim, é de se esperar que esse ramo na construção cresça ainda mais, resultando em mais fornecedores e em mão de obra mais especializada.


Isso abrirá um novo caminho para as novas tecnologias nas construções, deixando de lado o convencional e abrindo espaço para o inovador, para novas soluções, para o desenvolvimento e para a sustentabilidade.


Veja abaixo casas construídas com containers.







Referências:

https://dicasdearquitetura.com.br/tipos-e-medidas-de-containers-para-construcao/

https://dicasdearquitetura.com.br/casas-feitas-a-partir-de-containers/

https://papodehomem.com.br/o-que-aprendi-sobre-inovacao-construindo-uma-casa-container-conteiner/

https://www.leroymerlin.com.br/casa-container


Siga
Procurar por tags
Artigos
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square